Comunidade apresenta peça de teatro Aki Mora Ninguém.

teatro_joaoCom talento dado por Deus, o ator-missionário João Reis encantou e trouxe a Palavra no

monólogo Aki Mora Ninguém, na Igreja Comunidade Cristã Ágape Centro.

A história se passa com um morador de rua chamado Ninguém, que não teve oportunidade, sofre maus tratos e tem como amigo um cachorro e uma garrafa de água ardente. O monólogo é um desabafo da vida daqueles os quais não tem a chance de um novo começo, levantando também as questões do uso do álcool, das drogas e a valorização humana.

No final da apresentação João, levou uma Palavra de amor, compaixão e arrependimento chamando a atenção de um morador de rua que passava pelo local e entregou sua vida a Jesus.

“Para nós que nunca passamos por situações descritas na peça não sabemos a imensa dificuldade que é achar um ombro amigo para nos acolher”, disse Johann Tiem, membro da Comunidade Ágape.

Havia no fundo da Igreja uma cena da qual jamais esqueceremos: Um homem com a garrafa de cachaça ajoelhado, não fazia parte da  peça de teatro e sim de alguém em busca de um sentido de sua vida, naquela noite ele foi abraçado pelos Pastores Aristides e fortalecido nos braços dos irmãos Alexandre Gonçalves e de João Reis que orou comovendo corações.

Foram momentos de emoção, pois naquela noite houve salvação.imagem 631

Para saber mais sobre a peça de João Reis a acesse o

blog:http://joaoreisator.blogspot.com/2010/11/aki-mora-ninguem.html



Francielli Barbosa Tiem.

Ágape Sede

Facebook