Comunidade Cristã Ágape realiza formatura do Mulher Única

sn151130Cozinhar, lavar, passar, cuidar de filhos e marido, fazer as unhas, passar perfume, cremes, batom...

Coisas que toda mulher faz, ser mãe, esposa, cada detalhe com uma pitada daquilo que Cristo as deu com abundância, o amor. Amor este  que por circunstâncias impostas a suas vidas muitas vezes transformado em  violência, desrespeito, abandono, marcas que ficaram em algum lugar escondido,  feridas que não sararam, equivoca liberdade, perda da identidade feminina.

Por este motivo no dia 20 de novembro a Comunidade Ágape realizou com um coquetel a Formatura do Curso Mulher Única.

Salão lotado e 17 mulheres prontas a dar o testemunho sobre o que Deus ministrou a suas vidas em 12 lições dirigidas inteiramente ao coração feminino, temas como auto-estima, valor, originalidade, responsabilidade e feminilidade, compreendendo que uma mulher íntegra é aquela cujo o caráter é formado pela Palavra de Deus.

“ O Curso Mulher Única significou volta aos princípios de Deus em todas as áreas da vida da mulher, desde os pontos que a gente sabe que precisa mudar, mas por não entender a profundidade que causa uma quebra de princípio, ficava numa zona de conforto, mas quando Deus traz luz sobre o assunto, a mudança é inevitável. E com as mudanças, se estreita a comunhão com o Pai!” , disse a formanda Daniela K. Trombetta.

Tamara Bauermann, outra formanda, define o curso como: “ Mulher Única: um curso que torna a mulher na excelência do Senhor em todas as coisas!”

Para as convidadas os testemunhos e homenagens foram impactantes: “Existem coisas que achamos estar certas, é importante ver que existem outras pessoas com os mesmos problemas e aprendermos com elas, é difícil ser dona de casa e profissional, mas se Deus é por nós, quem será contra nós...”  disse Dione Tiem.

Entre casadas e solteiras e de diferentes denominações, todas estiveram em unanimidade em busca do conhecimento de como Cristo as vê.

O que poderia parecer mais um curso, Mulher Única foi além das expectativas, milagres aconteceram: reconstrução de relacionamentos através do perdão, filhas que aprenderam a entender as mães,  mães que perdoaram e foram perdoadas pelos filhos e os maridos, o milagre da aceitação, compreendendo que mulheres são auxiliadoras e que amor de Cristo pode transformar e resgatar a singularidade feminina.

Franciele Barbosa Tiem

Ágape Sede

Facebook