Imprimir

Os privilégios de ser ovelha do bom pastor

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

ovelha-300x215“A ovelha é um animal indefeso, míope e incapaz de cuidar de si mesma. Ela necessita do cuidado do pastor”, diz Hernandes Dias Lopes.

O Salmo 23 é mundialmente conhecido, milhões de pessoas o sabem de cor, sua mensagem tem sido bálsamo para os aflitos, consolo para os tristes e encorajamento para os que estão desalentados. Jesus Cristo é o bom Pastor que morreu pelas ovelhas (Salmo 22), Jesus Cristo é o grande Pastor que vive pelas ovelhas (Salmo 23), Jesus Cristo é o supremo Pastor que voltará para as ovelhas (Salmo 24). Quais são os privilégios de ser ovelha do bom, grande e supremo Pastor? O Salmo 23 nos fala sobre três importantes verdades. Vamos, aqui, considerá-las:

1. O Pastor das ovelhas (Salmo 23:1) – “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará”, duas verdades são aqui destacadas: A primeira é que o nosso pastor é divino, Ele é o Deus auto-existente, onipotente, onisciente e onipresente, Ele é o Deus da aliança, o Deus de toda a graça, o nosso criador, sustentador e salvador. Nele nos movemos e existimos. A segunda verdade é que o nosso pastor é pessoal, Ele é o meu pastor, Ele tem conosco uma relação pessoal, Ele nos conhece e nos chama pelo nome. Ele vela por nós, cuida de nós e supre todas as nossas necessidades.

2. A provisão das ovelhas (Salmo 23: 2-5) – A ovelha é um animal indefeso, míope e incapaz de cuidar de si mesma, ela necessita do cuidado do pastor. O texto nos fala sobre quatro provisões que a ovelha recebe do pastor, a primeira provisão é o descanso (v. 2), o Senhor nos faz repousar em pastos verdejantes e nos leva para as águas de descanso, Ele não apenas nos provê alimento e água, mas também nos dá paz no vale, Ele não apenas nos dá o que necessitamos, mas ele mesmo nos conduz à suas fontes de provisão, fazendo-nos descansar.

A segunda provisão é a direção (v. 3), o nosso Pastor nos guia pelas veredas da justiça, se fôssemos abandonados à nossa própria sorte, entraríamos pelos atalhos perigosos e escorregadios do engano, se seguíssemos as inclinações do nosso coração, certamente, caminharíamos por trilhas sinuosas que desembocariam em lugares de morte, mas o nosso Pastor nos guia pelas veredas da justiça.

A terceira provisão é a consolação (v. 4), na jornada da vida há muitos perigos, a vida cristã não é uma colônia de férias, cruzamos desertos inóspitos e vales escuros, atravessamos rios caudalosos e precisamos andar sobre pinguelas estreitas. Porém, mesmo que andemos pelo vale da sombra da morte não precisamos temer mal algum, porque o nosso Pastor está conosco, Sua presença é o antídoto para o nosso medo.

A quarta provisão é a vitória (v. 5), o nosso Pastor não apenas caminha conosco diante das dificuldades, mas nos dá vitória contra os inimigos, Ele prepara uma mesa para nós diante dos nossos inimigos, Ele nos honra, ungindo nossa cabeça com óleo e nos dá alegria abundante, fazendo o nosso cálice transbordar.

3. O futuro das ovelhas (Salmo 23: 6) – A ovelha de Jesus tem um “passado” passado a limpo, somos lavados em seu sangue e remidos por sua morte vicária. A ovelha de Jesus tem um presente seguro, uma vez que bondade e misericórdia são como duas escoltas que nos ladeiam todos os dias da nossa vida, bondade é o que Deus nos dá e não merecemos, misericórdia é o que Deus não nos dá e nós merecemos.

Ele nos dá graça quando merecíamos juízo, Ele suspende o castigo e nos abençoa quando merecíamos ser punidos. A ovelha de Jesus tem, também, um futuro glorioso, pois, depois que a sua jornada terminar neste mundo, irá habitar na Casa do Senhor para sempre, a morte não pode nos separar do nosso Pastor, Ele preparou-nos um lugar, uma casa, um lar, uma pátria, o céu é nosso destino, estaremos para sempre com ele, reinaremos com Ele, desfrutaremos de sua bendita companhia para sempre e sempre num lugar onde não haverá choro, nem pranto nem dor.

Oh! Quão felizes são as ovelhas do Bom, Grande e Supremo Pastor!
:: Hernandes Dias Lopes

 

 

Fonte: www.lagoinha.com

Imprimir

Respostas da boca de Deus têm sabor de mel

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

Existem muitas situações que nos fazem esperar dos outros a resposta de algo que tanto precisamos. Esperamos de um patrão a resposta de uma vaga na empresa, buscamos de um líder a direção para proceder em uma situação, ouvimos de nossos pais o que querem de nós para o futuro. Enfim, esperamos ouvir da boca das pessoas algo que vai mudar a nossa vida.

Deus usa o próximo para falar aquilo que precisamos ouvir e estamos buscando Dele. Os seus profetas estão dispostos a falar o que Deus mandar, mas e nós? Como estamos para ouvir? Será que estamos indo em busca de ouvir somente o que queremos e da forma mais fácil? Será que Deus não está querendo falar diretamente para nós a resposta que tanto esperamos?

“Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.” João 15: 7. Tenho aprendido que Deus está falando, enviando sinais de que está falando, atraindo o meu coração e me convidando para conhecer os seus mistérios constantemente. O problema está em meus ouvidos.

Nossos ouvidos têm a tendência de ouvirem e “colarem” em nosso coração, nossas emoções. Dessa forma, somos muitas vezes enganados pela ansiedade em querer ouvir uma resposta sobre alguma situação e a buscamos das pessoas e não de Deus. “(…) mas existe um Deus nos céus que revela os mistérios. Ele mostrou ao rei Nabucodonosor o que acontecerá nos últimos dias.” Daniel 2: 28.

Deus está falando, mas nós não estamos escutando. Não há nenhum problema em ouvir dos profetas e dos líderes as respostas que buscamos, principalmente quando elas chegam a nós por pessoas que nem conhecemos. Isso é maravilhoso! Mas Deus quer nos ensinar que podemos tê-la de sua própria boca. É sobrenatural ouvir ou ver essa resposta, principalmente quando ela vem no momento mais conturbado e de pressão, quando nossa alma já está aflita e cansada.

Essa resposta traz paz, é intima e acolhedora, quando é para correção ela é libertadora e traz arrependimento, mas quando é para honrar ela traz a alívio e torna visível a mão do Senhor em nossas vidas. Tem um sabor diferente! Tem sabor de mel.

Escolha ouvir as respostas que saem da boca de Deus, se vierem por meio dos profetas, líderes e pessoas usados por Ele, glória a Deus, se alegre e receba. Mas quando vierem diretamente Dele, “saboreie” esse momento de tamanha intimidade e busque vivê-lo constantemente, “Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde.” Salmos 3: 4.

Não tenha dúvidas quando Deus estiver respondendo você. Pode ser que essa resposta virá como uma voz de trovão (Salmos 29: 8) ou como um desfecho inédito (Apocalipse 3: 7), enfim, é uma resposta diretamente para você entender que Ele está no controle de todas as coisas e que te ama. Analise como estão os seus ouvidos, como está o seu coração para ouvir as respostas que busca em Deus, e prepare-se para experimentar o mel das respostas de Deus e viver os melhores dias de sua vida!


:: Stephanie Zanandrais

 

Fonte: www.lagoinha.com

Imprimir

Atirando flechas de vitória

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

II Reis 13: 14-25         O profeta Eliseu estava muito enfermo, ele recebeu a visita do rei Jeoás, uma enfermidade traz desânimo, coloca a pessoa enferma em baixa estima, porém, seja qual for a situação que a gente venha enfrentar, ela não poderá nos tirar do alvo que temos em Deus, nada pode impedir a nossa trajetória, nossa caminhada em nosso ministério.

Em Provérbios 4: 18 fala que a vida do justo é como o sol que brilha, vai brilhando, aparecendo entre as nuvens, até chegar ao ponto ideal; Assim é a nossa vida, uma verdadeira conquista de passo a passo, de fé em fé, de glória em glória, de vitória em vitória, Efésios 1: 3 fala que o Senhor tem nos abençoado com toda a sorte de bênçãos espirituais nas regiões celestiais; Então, a bênção da cura já foi liberada, a bênção da libertação também, entre tantas outras. Portanto, aquilo que Deus tem para você já foi liberado, então meu irmão é só você tomar posse.

Eliseu estava muito doente, a doença nos enfraquece e ela acaba interrompendo os objetivos da nossa vida, o rei Jeóas ao chegar na casa do profeta, lamentou e chorou sobre ele, e disse: Meu pai! Carros de Israel e seus cavalheiros, o rei usou uma expressão de desespero, pois olhou somente para o homem, somente para aquela situação, não olhou para Aquele que pode resolver qualquer tipo de problema, qualquer tipo de situação; Tudo o que o rei via, era o fracasso, a derrota e a morte do profeta.

E como tem pessoas que também só enxergam os defeitos dos outros, só visualizam as dificuldades, quando alguém passa por uma luta, muitos em sua volta lhe dão as costas, deixam de se relacionar, dão tudo por encerrado, imaginando que tal pessoa é um fracassado, que ela não tem condições de desenvolver seu ministério. A boa notícia é que em Cristo todos nós, sem distinção, temos condições de vencer. Romanos 8: 37 diz: “Em todas estas cousas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”.

Eliseu mesmo estando perto do final de sua vida, era usado por Deus, ainda profetizava, declarava palavras de autoridade. Ele disse: Rei Jeoás, tome um arco e várias flechas, porque você vai atirar várias flechas, para vários lugares, o Senhor ainda vai usar a sua vida, mesmo que o rei o via naquela situação de doença, Eliseu não perdeu sua unção. O profeta disse: Você vai atirar flechas da vitória contra os Siros, e ferirás os Siros até os consumir, e o rei obedeceu ao profeta, e isso o levou a vitória.

Em nossa vida temos que ser assim, atirarmos flechas da vitória contra as nossas enfermidades, contra as nossas luta e o Senhor nos dará a vitória.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

A cura da mulher encurvada

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

Lucas 13: 10-17        Jesus ensinava, era dia de sábado, Ele ensinava em uma das sinagogas. Não dá para alguém viver uma vida cristã sem ser membro de uma Igreja, é impossível alguém ter uma vida abundante em Cristo não sendo membro de uma Igreja e sem estar debaixo de uma autoridade espiritual. O próprio Senhor Jesus frequentava uma Igreja.

A Igreja é uma porta para a salvação, para a libertação, para a cura, para a restauração, é na Igreja que as pessoas mantêm a comunhão, onde se relacionam, onde servem, na Igreja é lugar de ensinamento, lugar onde se ouve a Palavra de Deus, lugar de crescimento espiritual, lugar de socorro, lugar de bênçãos, na Igreja é lugar de vitória, de alegria, de conquistas, de amizades. Deus se manifesta pela Igreja e para a Igreja, foi pela Igreja que Jesus veio a este mundo, foi pela Igreja que Ele morreu, foi pela Igreja que Ele ressuscitou, é pela a Igreja que Ele irá voltar.

Jesus ensinava na Igreja e ali entrou uma mulher, possessa de um espírito de enfermidade, já havia dezoito anos que ela andava encurvada, não podia endireitar-se, essa mulher trazia dentro de si um demônio de enfermidade, quem nunca passou por um problema desses não pode imaginar a dor e o sofrimento dessa mulher. O diabo veio para matar, roubar e destruir, ele quer matar os sonhos das pessoas, roubas as bênçãos e destruir tudo o que puder.

Essa mulher sofria há dezoito anos, isso significa um longo período, imagine se essa mulher começou a enfrentar essa luta quando ela tinha dez anos, ela perdeu o melhor tempo de sua vida, sua adolescência, sua juventude, não pode estudar, nem namorar, nem viajar. Se ela tivesse vinte anos quando isso aconteceu, então ela não se casou, não pode ter filhos, não pode viver o sonho de toda mulher, não fez uma faculdade, não se divertiu. Mas se foi depois dos quarenta, então ela poderia ter se casado, ter seus filhos, tendo um marido, como era a vida íntima dessa mulher com seu marido? Como ela podia cozinhar, lavar roupas, arrumar a cama, tomar banho, cuidar de seus filhos, pegar um ônibus, dançar, frequentar reuniões? Pois ela era encurvada, já pensou na vergonha do marido dela?

Essa mulher tinha algo dentro dela que fazia ela ficar doente, ela era uma mulher torta, o trabalho de satanás é entortar as pessoas, ele nunca vai endireitar uma pessoa, isso quem faz é o Senhor Jesus, que veio para trazer vida e vida em abundância, Ele é quem cura e endireita as pessoas. Essa mulher entrou justamente na sinagoga em que Jesus estava pregando a Palavra, Jesus ao ver a mulher parou a pregação, talvez essa mulher não esperava que esse dia fosse o dia da sua cura, quando ela entrou na sinagoga ela não viu Jesus, mas Jesus viu ela e a chamou para que chegasse perto Dele, ela talvez pensou em ir para sua casa para não ser exposta, pois com certeza já tinha passado por situações difíceis, ela foi até Jesus e Ele disse: “E, vendo-a Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade. E pôs as mãos sobre ela, e logo se endireitou, e glorificava a Deus” Lucas 13: 12-13.

A mulher viu o Senhor face a face e Jesus ainda lhe disse: Mulher hoje acabou a tua dor, o teu sofrimento, a tua vergonha, esse é o Senhor que cura, que endireita, que trás as promessas a luz e nos vê mesmo quando não conseguimos O ver.



Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Josué, com o favor de Deus foi um homem bem sucedido

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

Josue um homem bem sucedido

Josué 1: 1-9         Josué foi um bom servo, um bom auxiliar de Moisés, foi soldado, foi guerreiro, promovido chegou a ser o comandante do exército de Israel, foi líder, o posto mais importante que recebeu foi ser substituto de Moisés, recebendo a incumbência de levar o povo de Israel até Canaã.

Sua primeira experiência de guerra foi contra os amalequitas Êxodo 17: 8-16 onde Josué pelejou contra Amaleque no vale de Refidim e prevaleceu contra ele, Josué desbaratou Amaleque e a seu povo ao fio da espada. Isso aconteceu com a ajuda sobrenatural de Deus, os amalequitas eram fortes guerreiros, descendentes de Esaú e foi assim que Josué obteve sua primeira vitória.

Essa experiência ajudou Josué a se preparar para maiores desafios em sua vida. Josué em seu chamado recebeu duas importantes promessas. Primeira: Josué 1: 5 “Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como foi com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei.”, o Senhor lhe promete que estaria sempre com ele, tal como foi com Moisés. Segunda: Josué 1: 3-4 “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés. Desde o deserto e o Líbano até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus e até ao mar Grande para o poente do sol será o vosso termo.”

Josué caminhava para suas conquistas, sempre lembrando das promessas que recebeu do Senhor. Cada vitória de Josué foi conquistada passo a passo, Josué só tinha que andar para que mais terras fossem conquistadas. Josué 1: 6-8 Deus exige posição de Josué, ser forte e corajoso. A obra de Deus tem que ser forte por pessoas fortes, coragem é virtude indispensável aos que se alistam no exército de Deus, o Senhor precisa de valentes na sua obra.

O Senhor requisitou obediência a Josué, ninguém pode liderar, fazer a obra de Deus andando em desobediência, é derrota certa, é fracasso, disciplina e obediência são indispensáveis para a vitória, também o líder deve ser fiel, leal e ter temor a Deus. Josué tinha entendimento que sua força e sua coragem vinham de Deus, como também sabia que foi o Senhor quem fez vencer os amalequitas, que cada vitória tinha a mão de Deus. Ele sabia que foi Deus que abriu as águas do rio Jordão, que foi Deus quem derrubou as muralhas de Jericó. Josué era um homem bem preparado, por isso o Senhor o escolheu para ser líder, ele não poderia fracassar.

Em Números 14: 1-12 Moisés o escolheu como um dos 12 espias, os outros só trouxeram péssimas notícias, desencorajaram o povo, relataram que as cidades eram fortes, que os inimigos eram numerosos, guerreiros gigantes, bem armados e disseram que se fossem até lá poderiam morrer, fazendo com que o povo se levantasse contra Moisés e Arão. E já Josué e Calebe disseram: “A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muitíssimo boa. Se o Senhor se agradar de nós, então, nos fará entrar nessa terra e no-la dará, terra que mana leite e mel.” Números 14: 7-8.

Eles sabiam que o Senhor era com eles, que venceriam pois o Senhor estava ao lado deles, maior Aquele que está em nós do que aquele que está no mundo. Se Deus é por nós quem será contra nós? Josué enxergou o futuro, creu em Deus e em suas promessas, por isso Deus fez ele um conquistador.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Ágape Sede

Facebook