Imprimir

Cristianismo de relacionamento

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

Cristianismo de Relacionamento

Quando olhamos para o texto de Atos 2: 42-47, vemos as primeiras experiências dos cristãos primitivos na constituição da Igreja. A Bíblia mostra que as pessoas que faziam parte da Igreja se reuniam em torno de um único objetivo: glorificar ao Senhor.

Eles tinham o desejo de ser uma Igreja viva, não desejavam realizar um excesso de atividades, para que os caracterizassem como Igreja. Ser uma Igreja para glorificar ao Senhor, fazia com que eles se reunissem nas casas, para que os cristãos se relacionassem. Agora viver para glorificar ao Senhor é necessário e insere várias coisas como por exemplo: andar conforme a Palavra de Deus, submissão, obediência, temor a Deus, entre outras coisas.

O fundamento principal de uma Igreja é o Senhor Jesus Cristo, mas a marca dos irmãos da Igreja Primitiva era a comunhão, todos os que creram, isto significa, que aqueles que se convertiam ao Senhor Jesus, se entregavam a Igreja e começavam sempre juntos e tinham tudo em comum, diariamente perseveravam unânimes no Templo, partiam o pão de casa em casa e tomavam suas refeições com alegria e singeleza de coração.

O fato de estarem juntos, era uma oportunidade de se fortalecerem, aumentar os vínculos, crescer espiritualmente, viviam como família, o relacionamento fazia que eles sentissem a necessidade uns dos outros. Porém o partir do pão, as orações, o conforto da Palavra era o ingrediente mais importante a ser vivido. Eles sentiam as dores e a alegria uns dos outros, o relacionamento afinado levava a essa experiência.

Perceba que para a Igreja viver tudo isso não precisa os apóstolos agendarem um grande pregador para ministrar nas reuniões e nem uma banda formosa para cantar, mas havia um grande mover do Espírito Santo pelo fato deles se reunirem de uma forma simples. Nem mesmo os apóstolos se reuniam para traçar uma longa agenda, com calendário de atividades, a simplicidade deles é que movia o coração de Deus e quando eles se reuniam acontecia muitos sinais, prodígios e milagres, havia uma abundante salvação.

De vez em quando é bom lembrar como vivia a Igreja primitiva e como vivemos hoje. Eles viviam em cristianismo de relacionamentos e nós queremos viver um relacionamento de atividades. É bom voltarmos um pouco atrás e o que deu certo nós praticarmos, vivermos isso e assim iremos glorificar ao Senhor.

 


Pr. Aristides Alves dos Reis

Ágape Sede

Facebook