Imprimir

Apenas uma oportunidade

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

APENAS UMA OPORTUNIDADE

2 Reis 4: 8-17       Nos versículos observamos que a mulher sunamita aproveitou muito bem a oportunidade que teve. Às vezes nos perguntamos porque uma pessoa é mais próspera do que outras, umas são bem sucedidas e outras não e ainda, umas são abençoadas e outras nem tanto. O certo é que Deus não faz acepção de pessoas, todos são iguais perante Ele, a diferença está em algumas atitudes e em alguns procedimentos.

As oportunidades não são para quem é mais forte ou mais rápido, para quem é mais valente ou mais prudente, para quem é mais sábio ou graduado; As oportunidades dependem do tempo, da ocasião, elas se apresentam quase sempre de uma forma bem simples.

Em 2 Reis 4: 8 aconteceu que num certo dia Eliseu passava pela vila de Suném, a Bíblia não diz que aquele dia era um dia especial, um feriado, um dia de festa, fala somente num certo dia, um dia como qualquer outro, mas foi justamente neste dia que a mulher sunamita teve a sua grande oportunidade. Na passagem de Eliseu por Suném ela o convidou para uma refeição, ela não sabia quem era Eliseu, nem que ele era profeta, porém sua atitude trouxe um grande impacto em sua vida.

Às vezes nós perdemos oportunidades porque esperamos que elas apareçam de uma forma grande, com grandes anúncios e propagandas, mas veja o coração dessa mulher que além de servir uma refeição todas as vezes que Eliseu passava por Suném, 2 Reis 4: 10 mnostra que ela resolveu construir um quarto para ele, um lugar de descanso, e também para pernoitar, e colocou ali uma mesa, uma cadeira e uma luminária.

Muitas vezes nós não recebemos ou não temos oportunidades porque deixamos de servir. O serviço é um grande gesto, e também uma maneira de nos qualificarmos para recebermos oportunidades. Muitos não querem servir na Igreja, nem participar de ministérios porque tem que sair da zona de conforto, pagar o preço, fazer sacrifícios. Toda conquista tem preço, tem esforço. Quando uma pessoa abraça uma oportunidade, ela cresce, se torna útil a Deus e aos outros.

2 Reis 4: 12-17 “Então disse ao seu moço Geazi: Chama esta sunamita. Chamando-a ele, ela se pôs diante do profeta. Este dissera ao seu moço: Dize-lhe: Eis que tu nos tens tratado com muita abnegação; que se há de fazer por ti? Haverá alguma cousa de que se fala a teu favor ao rei ou ao comandante do exército? Ela respondeu: Habito no meio do meu povo. Então, disse o profeta: Que se há de fazer por ela? Geazi respondeu: Ora, ela não tem filho, e seu marido é velho. Disse Eliseu: Chama-a. Chamando-a ele, ela se pôs a porta. Disse-lhe o profeta: Por este tempo, daqui a um ano, abraçarás um filho. Ela disse: Não, meu senhor, homem de Deus, não mintas à tua serva. Concebeu a mulher e deu à luz um filho, no tempo determinado, quando fez um ano, segundo Eliseu lhe dissera."

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Ágape Sede

Facebook