Imprimir

Uma voz pelas almas

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

UMA VOZ PELAS ALMAS

Pedro e João estavam com Jesus no monte da transfiguração, quando Pedro fala: “Mestre, isto é maravilhoso! Eu nunca tive uma experiência tão grande em toda a minha vida. Eu quero ficar aqui para sempre”. Então disse Pedro a Jesus: “Senhor, bom é estarmos aqui, se queres, farei três tendas, uma será tua, outra para Moisés e outra para Elias.” Mateus 17: 4. Porém, subitamente a luz se desvanece, Moisés e Elias desaparecem. Quando os discípulos olham para cima não vêem mais ninguém, a não ser Jesus, que concordou ser um bom momento; mas disse não ser a principal razão de estar ali.

Há muito trabalho a ser feito. As multidões estão se perdendo precisando, serem salvas. Jesus disse: “Meu compromisso não se reserva para um pequeno grupo, pois tenho muitas ovelhas para serem alcançadas”. Quanto a nós devemos fazer a obra de Deus enquanto é dia, pois a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.

A vida de Jesus é um exemplo de uma voz pelas almas. Ele nunca estava contente se relacionando só com aqueles que já haviam crido. Ele estava em uma constante busca pelas almas. Uma busca lá fora para alcançar aqueles que ainda estavam longe. Abraão foi um intercessor pelas almas de sua geração, ele intercedeu a Deus pela salvação de vidas em seu tempo. O apóstolo Paulo foi a voz de sua geração, ele não se contentou em pregar para o seu povo nos lugares onde seu trabalho já tinha produzido muitos frutos. “Me esforcei por anunciar o Evangelho, não onde Cristo houvera sido anunciado.” Romanos 15: 20.

Isso quer nos dizer que além de mantermos um bom relacionamento de unidade, comunhão e edificação com os da família da fé, temos que ousar em proclamar e anunciar a Palavra para os de fora, para os incrédulos. O nosso trabalho deve ser constante na busca de almas, trabalhar arduamente, incansavelmente como fizeram os nossos antepassados para que aumente e cresça o Reino de Deus e a Igreja.

Quanto vale uma alma para Deus? Creio que não há dinheiro ou bens que possa pagar. Nós somos gratos a Deus pela nossa salvação, mas alguém trabalhou, orou, pagou um alto preço pela tua conquista. Mas o que dizer daqueles que ainda não são salvos, não experimentaram essa grande bênção em suas vidas.

Apresentar Jesus a uma pessoa é o ato mais nobre que alguém pode fazer, foi isso que o apóstolo Paulo fez em toda a sua vida, aproveitou todas as oportunidades que apareceram, nas praças, nas sinagogas, nas viagens... Ele tinha uma verdadeira paixão pelas almas. Jesus era a razão da sua vida; ele dizia: “Ai de mim se não pregar o Evangelho”.

O mesmo fez Jesus, lamentando por Jerusalém e seus pecados: “Jerusalém quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos”. O tempo é hoje, não deixe para amanhã, poderá ser tarde. Eu sei que o Espírito Santo irá te auxiliar nesse trabalho porque Ele é o maior interessado em uma grande colheita.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

O milagre no tanque de Betesda

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

O MILAGRE NO TANQUE DE BETESDA

João 5: 1-10          Que milagre maravilhoso que Jesus fez aqui, Ele está indo para Jerusalém a fim de participar de uma festa dos Judeus, possivelmente esta era a festa da Páscoa. Em Jerusalém havia um tanque chamado em hebraico Betesda, era costume vir para este local muitos doentes. No texto diz que ali tinha uma multidão de enfermos, cegos, coxos, paralíticos, muita gente precisando ser curada, todos a espera de um milagre.

Em certo tempo, num determinado horário descia um anjo, quando a água era agitada o primeiro que entrasse no tanque seria curado de qualquer doença que tivesse. Porém estava ali um paralítico que com certeza foi trazido por alguém, pois não podia nada fazer, tinha dificuldades de ser curado, pois quando imaginava entrar no tanque, outro vinha antes dele e entrava primeiro, não recebendo assim o seu milagre.

Mas estava ali Aquele que tem todo o poder para fazer milagres, superior a homens e a anjos, Ele viu esse homem que sofria com sua enfermidade há trinta e oito anos, estava deitado, Jesus se aproxima dele e lhe pergunta se queria ser curado, o homem lhe responde que não tinha ninguém que o colocasse no tanque, Jesus cheio de compaixão, como se tivesse olhando para dentro daquele homem, para o seu interior e vendo a sua dor, seu sofrimento, sua angústia, Jesus lhe dá uma opção, queres ser curado?

Assim é o Espírito Santo, ele não vem na vida de uma pessoa se ela não quiser, se a pessoa não quiser ser batizada no Espírito Santo isso não vai acontecer, pois o Espírito Santo é gentil, é cavalheiro e não irá arrombar a porta de ninguém, isso também com relação aos dons, se a pessoa não quiser receber os dons não irá receber, por exemplo se ela tem barreiras com o dom de línguas, não tem problema, esse dom ela não irá receber;

Eu creio que uma pessoa sem o batismo no Espírito Santo desenvolverá seu ministério de uma maneira mecanicamente, dependendo mais dos seus conhecimentos, de sua sabedoria, de seu intelecto, sendo que a fonte principal de conhecimento e sabedoria vem do Espírito Santo e pertence a ele, um ministério que abre mão do mover do Espírito Santo vai andar manco, mecânico, sem óleo nas engrenagens e sem óleo as coisas ficam bem mais difíceis, porque em tudo nós precisamos do Espírito Santo e dos dons.

O paralítico entendeu que precisava de Jesus em primeiro lugar para receber o perdão de seus pecados, salvação e ganhar como bênção sua cura. Jesus chega para ele e diz: levanta-te toma o teu leito e anda. Imediatamente o homem se viu curado, tomou o seu leito e se pôs a andar.

Jesus é a fonte de todo o poder, Ele veio para trazer vida, e vida em abundância, Ele é o nosso socorro quando precisamos de socorro, Ele nos livra, quando nós precisamos de livramento. O homem que recebeu a cura tomou seu leito e foi para o seu caminho, mais tarde Jesus o encontrou no templo e lhe disse: Olha que já estás curado, não peques mais para que não te suceda coisa pior.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

O pecado de Ananias e Safira

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

O PECADO DE ANANIAS E SAFIRA

Atos 5: 1-11        Ananias e Safira são protagonistas de um episódio negativo e de um péssimo exemplo.

A Igreja caminhava bem, muitas pessoas estavam recebendo a Palavra de Deus e a Jesus como Senhor e Salvador, milagres de cura e restauração acontecia com frequência na Igreja. Satanás não contente com o progresso da Igreja encontrou uma brecha para atrapalhar a obra que estava sendo feita. A Igreja bem que poderia ter ocultado o triste episódio, mas por Temor a Deus, observando princípios importantíssimos no Reino de Deus, tratou do caso como deveria ser tratado.

Havia grande amor entre as pessoas que faziam parte da Igreja, ao ponto de que quando alguém que encontrava-se em necessidade era suprido, pois outros membros que tinham mais condições econômicas, vendiam suas propriedades e o resultado das vendas traziam e entregavam aos apóstolos. Não demorou muito para que entrasse no meio um espírito de mentira. “Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido” Lucas 12: 2.

A mentira veio à luz; o diabo é o pai da mentira (João 8: 44). “Aconteceu que Ananias vendeu uma propriedade e fez ele um acordo com sua esposa para reter parte do valor da venda, e assim enganar os líderes da Igreja. Então, disse Pedro: Ananias, por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, reservando parte do valor do campo? Conservando-o, porventura, não seria teu? E, vendido, não estaria em teu poder? Como, pois, assentaste no coração este desígnio? Não mentiste aos homens, mas a Deus. Ouvindo estas palavras, Ananias caiu e morreu.” Atos 5: 2-5.

Sem saber da morte de Ananias, depois de algumas horas veio Safira sua mulher, Pedro fez as mesmas perguntas que havia feito a seu marido, perguntou Pedro, por quanto eles haviam vendido a propriedade e ela confirmou a mentira, dando a mesma resposta conforme o acordo feito com o seu marido. “Então Pedro disse: Por que entrastes em acordo para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e eles também te levarão".

A ofensa contra a Igreja, habitada pelo Espírito Santo, é pecado contra Deus. Tem pessoas que enganam o Pastor, o patrão e mesmo, a sua própria família, mas à Deus eles não podem enganar, porque Ele vê e sabe de todas as coisas. Tem pessoas que cometem pecados mentindo, enganando, murmurando, se rebelando...acham que nada irá lhe acontecer, mais cedo ou mais tarde terão a consequência do seu pecado, irão colher aquilo que foi plantado, às vezes sofrerão de imediato, como um esfriamento espiritual pela quebra de aliança com Deus, falta de paz e passam necessidades.

“O que encobre suas transgressões jamais prosperarás, mas o que as confessa e deixa alcança misericórdia” Provérbios 28: 13.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Vencendo a rotina

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

VENCENDO A ROTINA

1 Samuel 11: 1-5      Muitas vezes nos envolvemos com as mesmas coisas, sentamos no mesmo lugar na mesa do jantar, ou na cadeira em um reunião e fazemos coisas iguais em inúmeras situações.

Porém a Bíblia diz em Isaías 43: 19, que o Senhor faz coisas novas todos os dias, no livro de Lamentações diz que as misericórdias se renovam a cada manhã, o Senhor deu uma promessa para Josué 1: 3, todo o lugar que você pisar a planta do pé Eu Te darei, será teu.

Deus não queria que Josué fosse independente e ficasse somente nos pensamentos, ou paralisado no vale. Tem pessoas que quando enfrentam uma luta, param com tudo, não oram, não jejuam, não buscam ajuda.

O exemplo dos homens de Davi era que enquanto houvesse guerra, o povo teria que lutar e buscar a vitória, de qualquer maneira o diabo quer que você fique paralisado, desanimado e não prossiga. O tempo não é de acomodação. Quando a cidade de Ziclaque foi saqueada pelos amalequitas e eles prenderam mulheres e crianças a situação era para todos ficarem desesperados.

1 Samuel 30: 6  conta que Davi se reanimou no Senhor seu Deus e partiu com seus homens para restituir a sua perda. Ele não aceitou o roubo do inimigo, ele não se conformou com a derrota e nem deu espaço para o inimigo. Nós temos que lutar com todas as armas contra as situações que se levantam contra nós.

Se você tomar atitudes em Deus muitas adversidades serão vencidas, e o teu caminho será de vitória, o Senhor tem um bom caminho para você, um caminho de renovação e de edificação.

Ele quer o melhor para você e sua casa. Porque você é diferente, você é filho, e sendo filho é cuidado pelo Pai.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Uma força sobrenatural

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

uma fora sobrenatural

Êxodo 14: 1-31           Quando você estiver enfrentando lutas, dificuldades, afrontas ou angústias não desanime, Deus é o teu refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.

Moisés estava sendo perseguido por Faraó e seu poderoso exército, com armas, carros e soldados, o Senhor disse para que fosse e se acampassem em frente ao mar, porque seria glorificado em Faraó, Moisés estava sendo perseguido por Faraó e o próprio povo de Israel começou a murmurar e reclamar dizendo que era melhor morrer no deserto do que enfrentar essa situação. “Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do Senhor que, hoje, vos fará; porque os egípcios, que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver. O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis.” Êxodo 14: 13-14.

Moisés deu a resposta oportuna, não tenham medo, não se acovardem, não retrocedam, porque eu creio num Deus todo poderoso, que não teme o inimigo, para ele não existe derrota, não existe impossibilidades, o Deus que eu creio é um Deus vitorioso, que despedaça o inimigo, transforma as derrotas em vitórias, fortalece o fraco, levanta o caído, cura o enfermo, liberta o cativo e se preocupa com nós, essa luta é Dele, não é nossa, Ele lutará por nós.

O povo estava num beco sem saída, atrás o exército de Faraó e à frente o mar. “Disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, estende a mão sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.” Êxodo 14: 15-16.

Não demorou muito e Deus começou agir, enviou seu Anjo que ia adiante do exército de Israel, ia adiante deles a nuvem de claridade e para os Egípcios de escuridade. É isso o que Ele faz por você, pela sua família, pela Igreja, Ele usa todos os meios para nos proteger, Ele usa Sua força, Seu poder, as nuvens e os Anjos.

Ele disse para Moisés estender as mãos sobre o mar e Moisés fez isso, veio um forte vento que soprou toda aquela noite, as águas foram se dividindo, o mar se tornou terra seca, o povo atravessou o mar em pé enxuto. Quando o povo estava no meio do mar, “Disse o Senhor a Moisés: Estende a mão sobre o mar, para que as águas se voltem sobre os Egípcios, sobre seus carros e sobre os seus cavalarianos. Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o mar, ao romper da manhã, retomou a sua força; os Egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derribou os Egípcios no meio do mar. E, voltando as águas, cobriram os carros e os cavalarianos de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nem ainda um deles ficou.

Mas os filhos de Israel caminhavam a pé enxuto pelo meio do mar; e as águas lhes eram como muros, à sua direita e à sua esquerda. Assim o Senhor livrou Israel naquele dia da mão dos Egípcios; e Israel viu os Egípcios mortos na praia do mar. E viu Israel grande poder que o Senhor exercitara contra os Egípcios; e o povo temeu ao Senhor e confiou no Senhor e em Moisés, seu servo.” Êxodo 14: 26-31.

Você que está em lutas, está sendo oprimido pelo inimigo, entregue essa luta ao Senhor que Ele te dará vitória.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Ex. 14: 1-31        Quando você estiver enfrentando lutas, dificuldades, afrontas ou angústias não desanime, Deus é o teu refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.    Moisés estava sendo perseguido por Faraó e seu poderoso exército, com armas, carros e soldados, o Senhor disse para que fosse e se acampassem em frente ao mar, porque seria glorificado em Faraó, Moisés estava sendo perseguido por Faraó e o próprio povo de Israel começou a murmurar e reclamar dizendo que era melhor morrer no deserto do que enfrentar essa situação. “Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do Senhor que, hoje, vos fará; porque os egípcios, que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver. O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis.” Ex. 14: 13-14.    Moisés deu a resposta oportuna, não tenham medo, não se acovardem, não retrocedam, porque eu creio num Deus todo poderoso, que não teme o inimigo, para ele não existe derrota, não existe impossibilidades, o Deus que eu creio é um Deus vitorioso, que despedaça o inimigo, transforma as derrotas em vitórias, fortalece o fraco, levanta o caído, cura o enfermo, liberta o cativo e se preocupa com nós, essa luta é Dele, não é nossa, Ele lutará por nós.    O povo estava num beco sem saída, atrás o exército de Faraó e à frente o mar. “Disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, estende a mão sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.” Ex. 14: 15-16.    Não demorou muito e Deus começou agir, enviou seu Anjo que ia adiante do exército de Israel, ia adiante deles a nuvem de claridade e para os Egípcios de escuridade. É isso o que Ele faz por você, pela sua família, pela Igreja, Ele usa todos os meios para nos proteger, Ele usa Sua força, Seu poder, as nuvens, os Anjos.    Ele disse para Moisés estender as mãos sobre o mar e Moisés fez isso, veio um forte vento que soprou toda aquela noite, as águas foram se dividindo, o mar se tornou terra seca, o povo atravessou o mar em pé enxuto. Quando o povo estava no meio do mar, “Disse o Senhor a Moisés: Estende a mão sobre o mar, para que as águas se voltem sobre os Egípcios, sobre seus carros e sobre os seus cavalarianos. Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o mar, ao romper da manhã, retomou a sua força; os Egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derribou os Egípcios no meio do mar. E, voltando as águas, cobriram os carros e os cavalarianos de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nem ainda um deles ficou. Mas os filhos de Israel caminhavam a pé enxuto pelo meio do mar; e as águas lhes eram quais muros, à sua direita e à sua esquerda. Assim o Senhor livrou Israel, naquele dia, da mão dos Egípcios; e Israel viu os Egípcios mortos na praia do mar. E viu Israel grande poder que o Senhor exercitara contra os Egípcios; e o povo temeu ao Senhor e confiou no Senhor e em Moisés, seu servo.” Ex. 14: 26-31.    Você que está em lutas, está sendo oprimido pelo inimigo, entregue essa luta ao Senhor que Ele te dará vitória.  

Ágape Sede

Facebook