Imprimir

Só um voltou

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

SO UM VOLTOU

Lucas 17: 11-19        O texto fala da cura de dez leprosos, Jesus ao passar por Samaria e Galiléia, saíram-lhe ao seu encontro dez leprosos, que gritavam, dizendo: Jesus compadece-te de nós. Ao vê-los disse-lhes Jesus: Ide e mostrai-vos aos sacerdotes. Aconteceu que, indo eles, foram curados, mas somente um voltou para agradecer a Deus.

Voltar em algumas ocasiões significa bênçãos por exemplo: voltar para Deus, aquele que estava longe dos caminhos do Senhor, e ele volta a plena comunhão com o Senhor, e com a Igreja, outro exemplo: um casal que está separado e acontece a reconciliação, que bênção!

Jesus disse a eles: vão de encontro aos sacerdotes; eles obedeceram e pela obediência receberam a bênção da cura, dez foram curados, somente um voltou dando Glória a Deus em voz alta, ele prostrou-se aos pés de Jesus, com o coração quebrantado, reconhecendo que foi Jesus quem lhe curou. Ele voltou para agradecer, hoje é tempo de voltar para Deus, como é tempo de restauração e de transformação.

Deus se agrada de uma pessoa que tem o coração agradecido, esse homem voltou para dizer "vale a pena estar ao lado do Senhor, vale a pena ser discípulo de Jesus, congregar numa Igreja, ter cobertura, ser pastoreado, fazer parte de uma família vencedora".

É bom abençoar e ser abençoado, abraçar e ser abraçado, servir e ser servido, essas coisas fazem parte da vida cotidiana da Igreja. Esse homem representa todas as pessoas que congregam numa Igreja, uma pessoa de posição, de compromisso, fiel a Deus. Ele não recebeu somente a cura física, mas também recebeu a cura da alma, o Senhor Jesus em primeiro lugar, antes de curar, Ele está interessado em salvar as pessoas, a cura, as bênçãos, as realizações pessoais, servir em um ministério, estar recebendo promessas, tudo faz parte, mas o mais importante é mesmo ser salvo, ter seu nome escrito no Livro da Vida, e do cordeiro.

Romanos 1:21-27 Fala para aqueles que mesmo conhecendo a Deus, sabendo quem Deus é, não o glorificaram, e nem lhe deram graças. A Bíblia diz que eles se tornaram nulos, mentes vazias, nulos em seus próprios raciocínios, com o coração em trevas. Dez foram curados, e só um voltou, voltou porque tinha fé, além da cura, recebeu o maior presente que uma pessoa pode receber de Deus, o perdão de seus pecados, a salvação e a vida eterna.

O Senhor Jesus está esperando a volta de muitas pessoas, todo dia é dia de volta para o Senhor.

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Profetizando esperança

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

PROFETIZANDO ESPERANA

Jeremias 1: 1-12 Quando o Senhor clamou Jeremias para ser profeta, ele viu coisas que Jeremias não conseguiu ver, Jeremias pensou porque o Senhor não chamou outro em seu lugar, uma pessoa mais capacitada, com mais talento, mais preparado, mas o Senhor olhou para Jeremias e disse: “Eu farei de ti um vazo de honra, um instrumento de bênção, antes que eu te formasse no ventre da tua mãe, eu te conheci, e, antes de você nascer, te consagrei, e te constituí profeta às nações”.

Mesmo com essa Palavra, essa promessa, o profeta está em conflito. Em resposta ao Senhor ele diz: Não sei falar, sou inexperiente, e não passo de uma criança. Muitas vezes é assim que nós respondemos também ao Senhor, "eu não posso assumir esse cargo, eu não tenho responsabilidade, não conheço o assunto, sou muito novo", talvez você diga, "eu já disse, não consigo, tenho medo, não vai dar certo", mas tudo nesta vida é feito por meio de lutas e desafios.

Veja a resposta do Apóstolo Paulo: “Tudo posso naquele que me fortalece” Filipenses 4:13, todos os homens que venceram e todos os homens que triunfaram biblicamente foram homens que responderam a desafios. José preterido pelos seus irmãos, rejeitado, jogado dentro de um poço, saiu desse lugar para ser um dos maiorais no Egito. Moisés depois de passar por quarenta anos no deserto, ser dependente de seu sogro, é feito o libertador do povo de Israel, que estava cativo de Faraó.

Se você é tímido, não sabe falar, o Espírito Santo irá te instruir, falará por você, colocará na tua boca as palavras necessárias para cada situação que se apresentar, assim como Ele fez com Jeremias, estendeu a mão e tocou na sua boca, colocou na sua boca as palavras que queria expressar. Ele estava enchendo o profeta de unção, de sabedoria, de graça, como um canal do Senhor.

Você é um profeta para essa geração, para esse tempo. O Senhor disse: Jeremias, muito mais do que falar em meu nome, hoje te constituo profeta sobre as nações, te dou autoridade sobre os reinos para arrancares e derribares, para destruíres e arruinares e também para edificares e para plantares.

O Senhor está levantando uma Igreja forte, e poderosa para ser porta voz, agente do Reino de Deus, para lutar contra toda obra maligna, contra todos os demônios para que o propósito de Deus se cumpra. Assim como Deus levantou a Jesus com o Espírito Santo e com poder para destruir todas as obras do diabo, Ele está levantando os seus profetas nesses dias. Ele nos deu toda a autoridade “Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expulsai demônios, de graça recebestes, de graça daí” Mateus 10: 8.

Isso é trabalho para os profetas da esperança, esperança de um tempo novo, de um tempo de vitória, de um tempo de alargar as fronteiras. Mesmo com muitas dificuldades Jeremias cumpriu seu ministério fielmente, falou a Palavra de Deus, combateu o pecado, foi um ótimo exemplo em sua geração.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

O ruído de abundante chuva

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

RUIDO DE ABUNDANTE CHUVA

1 Reis 18: 41        “Então, disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque já se ouve ruído de abundante chuva”. Elias profetizou que haveria em Israel um período de seca, e não choveu por três anos e meio.

Porque Deus decretou aquela seca? Era punir Jezabel pelo seu crime contra os profetas que ela exterminara? Também por Acabe ter deixado os mandamentos do Senhor e seguir à outros deuses? Por isso é que Deus permitiu que não chovesse em Israel vindo esta grande e terrível seca, era para Jezabel e Acabe se arrependerem por terem pecado contra o Senhor.

Depois de tanto sofrimento veio Elias à presença do rei Acabe e profetizou que o Senhor daria chuva, ele profetizou que viria uma abundante chuva.

Quem é Elias? É um profeta, um homem temente a Deus, boca de Deus, cheio de unção e autoridade. Deus está procurando homens nestes dias, homens como Elias, que se levantem como verdadeiros profetas, que façam a diferença em sua geração, homens com integridade, com temor a Deus, homens que paguem o preço em favor de Deus, da Igreja e do Evangelho. É necessário que haja uma voz profética para confrontar o pecado, a corrupção, a injustiça, uma voz profética em favor da família, dos pobres e dos excluídos.

Quando Elias profetizou que viria uma chuva abundante, não havia nenhuma evidência para chuva, o céu estava limpo, não havia nuvens, mas ele com ousadia e fé disse ao rei: “Sobe, come e bebe, porque já se ouve ruído de abundante chuva”, naquela época quando o povo era abençoado, eles festejavam para comemorar a bênção recebida, por isso ele disse para o rei subir para o palácio, porque era tempo de comemorar, de festejar.

Elias foi para o monte orar, subiu ao monte Carmelo, se ajoelhou e começou a orar, invocando a Deus e pedindo pelo milagre, o moço que estava com ele disse: "Eis que se levanta do mar uma nuvem pequena como a palma da mão do homem. Você precisa ouvir o som do céu, o som do céu veio como um ruído, como um barulho que apontava para a chuva". Assim a profecia de Elias se cumpriu.

Hoje é um tempo em que Deus está cumprindo suas promessas para seus filhos, creio que a cada segundo que passa promessas, e mais promessas estão se cumprindo, eu profetizo na sua vida, na sua família, no seu ministério, muitas promessas sendo cumpridas pelo Senhor.

O som da terra é morte, destruição, tristeza, opressão, seca, fome e tantas outras coisas, mas o som do céu é salvação, alegria, vitória, conquista, festa, bênçãos, chuva em abundância.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

A armadura de Deus

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

A ARMADURA DE DEUS

1 Samuel 17: 38-39         Todos nós conhecemos muito bem a história de Davi e Golias, Davi enfrentou esse gigante chamado Golias, foi colocado em Davi a armadura que pertencia a Saul, também um capacete e uma couraça. Davi tentou usar essa armadura, mas não conseguiu por ser muito pesada e grande, então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca usei, então tirou a armadura.

Na verdade Davi estava dizendo que sua proteção não vinha de nenhum homem, de nenhuma estrutura humana, a armadura que lhe deram não iria lhe dar livramento: satanás não respeita armaduras, não respeita diplomas, fama, dinheiro, como ele não respeita muitas outras coisas, mas ele respeita pessoas sujeitas, tementes ao Senhor, ele respeita pessoas cheias do Espírito Santo, como ele sempre vai respeitar pessoas que estão na presença de Deus.

Tudo o que o diabo queria é que a armadura sobressaísse, ficasse bem aparente e que Davi ficasse escondido, isso é o que ele deseja, que a máscara, a armadura apareça e que as pessoas fiquem escondidas, como também que a Igreja fique escondida, não se envolva com os necessitados, que não pregue a Palavra, que não vá para as ruas, que não evangelize e que fique paralisada. Ao contrário nós Igreja, devemos ir em nome de Jesus testemunhar daquilo que Jesus fez por nós, anunciar a Palavra de Deus e ganharmos pessoas para o Reino de Deus.

Davi não usou aquela armadura, ele tinha outras armas: a fé, a confiança, a coragem em um Deus poderoso que lhe daria a vitória. O que disse Davi: Tu vens contra mim com espada, com lança e com escudo, eu porém, vou contra ti em nome do “Senhor dos Exércitos”, o Deus de Israel a quem tens afrontado.

Você tem no coração o nome impresso, esse nome se chama Jesus Cristo, nesse nome você vence, nesse nome você brilha, o poder que está sobre esse nome, o mar se abre, os doentes são curados, os cativos são libertos, os mortos são ressuscitados.Só a armadura não iria dar a vitória para Davi, mas a unção, o poder e a autoridade que está na pessoa do Senhor Jesus Cristo, isso sim daria a vitória para Davi. A arma de Davi foi a confiança que ele tinha no Senhor que venceria aquele gigante.

Então Davi foi até ao ribeiro escolheu cinco pedrinhas, pôs na sua bolsa, e disse: Aqui estão as minhas armas, e com uma pedra de ribeiro Davi feriu o filisteu que caiu com rosto em terra.

 

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Vencendo em tempo de crise

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

VENCENDO EM TEMPO DE CRISE

Juízes 6: 14-24         O tempo de Deus é a melhor resposta para todas as coisas. “Os Midianitas estavam acostumados a humilhar os Israelitas - Todas as vezes que os Israelitas semeavam vinham os Midianitas e destruíam toda a plantação - Roubavam o gado, as ovelhas, jumentos” Juízes 6: 3-6.

A pior coisa é você ser roubado, prejudicado injustamente. Mas Deus é justo, ele está atendo a todas as coisas.

Juízes 6: 11 Deus chama Gideão.

Juízes 6: 12 O Senhor encoraja Gideão. Seja qual for a situação em que você estiver passando, não desista, não tenha medo, não volte para trás, porque o Senhor sempre tem uma saída, sempre tem uma Palavra, sempre tem a solução.

Juízes 6: 16 “O Senhor falou para Gideão: você vai ferir os Midianitas, como se fosse um só homem, porque Eu estou contigo”, quando nós estamos certos, dentro dos Princípios da Palavra, sendo fiéis (dizimistas), submissos às nossas autoridades, sem brecha, Ele sempre vai estar conosco, é uma promessa que nós temos.

Juízes 6: 17 Gideão pede um sinal.

Juízes 6: 18 “Não se aparte daqui até que eu volte porque eu vou preparar uma oferta, se o Senhor aceitar receber minha oferta é o Senhor que está falando comigo”.

Juízes 6: 19 “Gideão preparou um cabrito, um bolo de farinha”, veja que a oferta que Gideão está preparando é feita em meio há uma grande crise, Israel vivia num tempo de destruição, porque o trigo do qual era fabricada a farinha era destruído e os animais eram roubados, mas ele preparou o melhor, não tinha farinha, mas ele conseguiu farinha para fazer o bolo, os animais eram roubados, mas ele conseguiu um cabrito.

Então aquele pouco de farinha que sobrou era o melhor que eles tinham, aquele cabrito que ele ofertou, talvez fosse um dos poucos que eles tinham. No tempo de crise ele trouxe o melhor que ele tinha para o Senhor. Tem pessoas que quando passando por uma crise não fazem nada, ficam desesperadas, ficam somente olhando para a crise e murmuram. Você tem que olhar para aquele que pode e tem poder para suprir todas as tuas necessidades, você tem que confiar Naquele que pode todas as coisas, que tem solução para todos os teus problemas, você tem que crer que Aquele que está ao teu lado é poderoso e Reina para sempre.

Juízes 6: 20 “E o anjo do Senhor disse: Põe a tua oferta sobre a penha (rocha)”.

Juízes 6: 21 Tão logo Gideão colocou ali a sua oferta, sobre um fogo da rocha, e consumia a oferta e o anjo desapareceu da sua presença. Mas por que o anjo desapareceu? Porque não tinha mais o que fazer, o Senhor aceitou a oferta de Gideão, foi o sinal que ele precisava.

Juízes 6: 22 “Gideão ficou preocupado vendo que era o Senhor e disse: Ai de mim, Senhor Deus! Pois vi o anjo do Senhor face a face”. É claro que Gideão não iria morrer, ainda em Juízes 6: 12 o anjo do Senhor disse a Gideão: O Senhor é contigo homem valente.

Juízes 6: 23 “O Senhor lhe disse: Paz seja contigo! Não temas! Não morrerás!” ele entendeu porque o anjo lhe chamou, o Senhor é paz, Ele edificou um altar ao Senhor. Antes vivia oprimido, em crise, agora estava em paz.

No meio da crise recebeu uma promessa de vitória. Crises existem para serem vencidas e superadas.

 

Pr. Aristides Alves dos Reis

Ágape Sede

Facebook