Imprimir

Como receber as promessas de Deus

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

como receber as promessas de DeusDeuteronômio 1: 21-33         Deus não nos criou para a derrota, um pai nunca projeta a derrota para seu filho. Deus deu promessas aos nossos patriarcas Abraão, Isaque e Jacó, essas promessas se estendem a nós. 

No texto acima diz que foram enviados doze homens para espiar a terra da qual Deus havia prometido para o Povo de Israel. Deus disse: “Eis que o Senhor, teu Deus, te colocou esta terra diante de ti. Sobe, possui-a, como te falou o Senhor, Deus de teus pais; Não temas e não te assustes.” Deuteronômio 1: 21. 

Estes homens que foram escolhidos para essa tarefa, não eram qualquer um, mas foram homens com experiências, eram líderes, eram os príncipes, um de cada tribo; 

E qual foi o resultado desse comissionamento, uns não quiseram subir e atravessar ao rio Jordão, foram rebeldes à ordem do Senhor, o espírito de rebeldia, traz derrota, é um princípio de satanás, não há lugar para ele na vida de um cristão. Outros murmuravam dizendo: “Tem o Senhor ódio contra nós, por isso nos tirou da terra do Egito para nos entregar nas mãos do inimigo.” Deuteronômio 1: 27, outros ainda foram incrédulos, não creram. 

Não há como receber as promessas de Deus sendo rebelde, não obedecendo à Deus e aos seus líderes, nem tampouco àqueles que são possuidores de um espírito de murmuração, quem não crê não receberá das Promessas de Deus na sua vida.

Como cristãos, o crer, a fé, são ingredientes de suma importância, veja Abraão, recebeu uma Promessa de ser pai de muitas nações, porém não tinha filhos, Deus lhe prometeu um filho, mas já era da idade de quase cem anos, Sara sua esposa já tinha noventa anos, ele continuava firme esperando a sua Promessa se cumprir; um dia ele foi desafiado por Deus, o Senhor lhe disse: “Saí para fora da tua tenda, olha para o céu, e conte as estrelas, se é que podes fazer isso, assim será a tua descendência.” Gênesis 15: 5; Quando Abraão olhava para as estrelas, ele via o brilho de cada uma delas, também enxergava sua Promessa, porque creu naquilo que Deus havia prometido. 

Dos doze espias, dois deles tiveram uma resposta diferente dos outros dez, eles foram Josué e Calebe. Falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: “A terra pelo meio da qual passamos a espiar é terra muitíssimo boa. Se o Senhor se agradar de nós, então nos fará entrar nessa terra e no-la dará, terra que mana leite e mel.” Números 14: 7-8.

Eles não desencorajaram, não desanimaram o povo e confiaram em Deus, que Deus iria à frente deles e lhes daria vitória; Receberam as Promessas de Deus porque não desistiram, perseveraram naquilo que Deus havia prometido.


Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

Autoridade espiritual

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

autoridade espiritual 6 21 João 5:19         “Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no maligno”. O Apóstolo João faz uma distinção daqueles que pertencem a Deus, e daqueles que são incrédulos. 

Se você já recebeu o Senhor Jesus Cristo como teu Salvador, não há do que você se preocupar, porque você está coberto por Ele, está debaixo da cobertura Dele. 

Muito embora desde o dia em que nós recebemos Jesus como nosso Salvador, o diabo se tornou nosso inimigo. “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo vosso adversário anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” 1 Pedro 5: 8. Por isso nós devemos andar precavidos, em alerta, porque o diabo está sempre procurando alguém para derrubar, alguém para enganar. 

Quando Deus criou o homem (Gênesis 1: 28), Deus deu autoridade e domínio para o homem, porém quando o homem caiu por causa do pecado, perdeu a autoridade, caiu na armadilha do inimigo, em consequência disso perdeu a autoridade. Desde o início da criação Deus tinha um propósito para o homem, esse propósito não era de fracasso, ou de derrota, mas, era um propósito de glória e de vitória. 

Deus enviou Seu filho, o Senhor Jesus Cristo que veio como homem, caminhou sobre a terra sem pecado. 1 Pedro 2: 22-23 “o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca; pois Ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje; quando maltratado, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente”. 

Sem pecado, e pelas mãos de pecadores foi levado para a cruz, ferido e com dor foi crucificado e morto, não pelos Seus pecados porque não cometeu pecado, mas pelos nossos pecados Ele morreu na cruz, mas no terceiro dia Ele ressuscitou, venceu a morte e o pecado, quando o diabo pensou que tudo já estava consumado, que o plano de Deus havia falhado, Jesus apareceu, tomou as chaves da morte e do pecado das mãos do diabo, recuperando assim para o homem a autoridade que o homem havia perdido, Ele recuperou a autoridade que Adão havia perdido; agora nós temos autoridade, porque o Senhor Jesus venceu e devolveu para nós a autoridade. 

Ele mesmo disse: “Eis aí vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo o poder do inimigo, e nada absolutamente vos causará dano” Lucas 10: 19. Ele nos encoraja como seus discípulos dizendo em Marcos 16: 17-18 “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas, pegarão em serpentes; e, se alguma cousa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados”.



Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

O Reino de Deus sempre prevalece

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

foto site 2 2Lucas 22: 53-62         O Reino das trevas se manifesta de várias maneiras, pelo ocultismo, pela feitiçaria, pela macumbaria, eles são representados por demônios que exercem influências sobre pessoas, lugares, cidades e até países. Quando o Reino das trevas reinam, os homens negam a Jesus, o Apóstolo Pedro negou a Jesus por três vezes. 

Os homens negam a Jesus através de palavras, atitudes, contando ou concordando com uma piada imoral que não edifica, os homens negam a Jesus quando mentem, enganam, quando odeiam outras pessoas, quando se envolvem em confusão, ou fraude. Uma atitude que nega a Jesus é a blasfêmia, o que dizer então da pornografia e da prostituição. 

Quando as trevas reinam a tendência das pessoas é zombar de Jesus. A Bíblia diz “de Deus não se zomba, pois aquilo que o homem semear, isso também ele ceifará” Gálatas 6: 7. Zombar é desvalorizar, desmerecer, quando os homens desvalorizam a Jesus, não dando o valor que Ele merece, não honram, eles estão zombando de Jesus. 

O mundo hoje vive uma grande confusão, onde a mentira é proclamada por todos os lados, se prefere o falso, ao invés do verdadeiro, aonde se troca o justo pelo injusto. Jesus é a resposta para essa humanidade desorientada e perdida, o diabo tentou destruir Jesus, quando Jesus morreu o diabo pensou que seria vitorioso, mas Jesus venceu a morte e o pecado, Jesus caminhou sobre essa terra sem cometer nenhum pecado, foi para a cruz, experimentou a morte, mas ao terceiro dia Ele ressuscitou, Jesus tomou das mãos do diabo as chaves da morte e do inferno e entregou a nós, e “nos deu toda autoridade” Lucas 10: 19. 

Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo, a luz resplandece sobre as trevas, e as trevas não prevalecem contra a luz”. No Reino da Luz, os homens declaram seu amor, sua fidelidade, os homens adoram a Jesus, eles louvam o nome de Jesus, eles reconhecem a autoridade de Jesus. 

No Reino das trevas, os homens trocam o justo pelo injusto, no Reino da Luz, não existe injustiça, porque lá o injusto não pode entrar. O Reino que Jesus Reina é de paz, de alegria, de justiça, no Espírito Santo, no Reino da Luz, você tem a certeza da Presença de Jesus.


Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

A presença da unção

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens

uno"Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda a parte fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele" Atos 10: 38.

Aqui neste versículo nós sabemos o que Jesus fazia no dia a dia em seu ministério, como Ele agia, de que forma a unção do Espírito Santo se manifestava Nele; Os milagres que Ele operava acontecia porque “Deus era com Ele”. Sempre estava junto Dele a presença da unção. 

Isso é para acontecer conosco, Deus operando maravilhas através de nós, fomos salvos, para salvar outras pessoas; O Senhor nos revestiu da Sua unção para alcançarmos outras pessoas para Jesus. 

A cura do homem paralítico junto ao tanque de Betesda, não aconteceu porque aquele homem tivesse fé para ser curado, ou porque ele não confiasse plenamente em Jesus; Logo depois que ele recebeu a cura, mais tarde no Templo lhes perguntaram quem o teria curado, ele nem sabia o nome de Jesus, disse que um homem se aproximou dele e mandou tomar seu leito, e andar. Jesus curou esse homem porque Nele havia a presença da unção, Jesus fez outros milagres porque era cheio do Espírito Santo. 

O mesmo aconteceu com os apóstolos Pedro e João, quando foram ao templo para orar, lá havia um paralítico pedindo esmolas, não esperava ser curado, nem foi lá para receber cura, mas encontrou os apóstolos que estavam cheios do Espírito Santo, eles foram usados por Deus e o paralítico foi curado. 

A unção que opera em nós tem um propósito bem específico, glorificar a Deus, tudo o que fizermos é para a Glória de Deus. O Senhor está nos capacitando para responder o “Ide” de Jesus, e levar as pessoas a crer em Jesus; A unção que libera o poder para ministrarmos a Palavra, para anunciar a Cristo, Ele é quem faz toda a diferença. Por isso devemos procurar nos encher do Espírito Santo, nos consagrando, nos santificando, esperando o momento certo para sermos usados como canal de bênçãos. 

"Disse Josué ao povo: Santificai-vos porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós" Josué 3: 5. Santificar é separar-se para Deus, estar separado, maravilhas significa milagres, quem está separado para Deus pode se tornar um instrumento para ser usado por Ele. 

Os milagres que acontecem no culto ou nas reuniões, na verdade começam acontecer com antecedência, no dia em que você se dispõe a se consagrar com jejum e oração. Seja um canal de benção, chame a Presença da Unção de Deus em sua vida.


Pr. Aristides Alves dos Reis

Imprimir

O Espírito Santo revestiu Jesus

Escrito por secretaria. Posted in Mensagens


pomba sem bordaMateus 3: 11 
“Eu vos batizo com água, para arrependimento, mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo”. 

Jesus mesmo foi batizado com o Espírito Santo, Ele foi para Nazaré da Galiléia, e lá foi batizado nas águas por João Batista, no rio Jordão; logo que saiu das águas, viu os céus abertos, e o Espírito Santo como uma pomba descendo sobre ele;

Jesus disse aos Seus discípulos que deveriam permanecer em Jerusalém para esperar pela promessa e até que fossem revestidos do poder do alto, não deveriam fazer nada, não era para iniciar nenhum trabalho, que apenas orassem e aguardassem o derramamento do Espírito Santo em suas vidas. 

O batismo de Jesus não era para arrependimento, isto porque Ele não pecou, não precisa de arrependimento, mas era para cumprir a Palavra de Jesus. 

João não queria batizá-lo, mas ele disse: É necessário, assim nos convém cumprir toda a justiça. No batismo de Jesus nós vemos o envolvimento da Trindade, Ele descendo às águas sendo batizado por João. A declaração do Pai “Eis uma voz dos Céus, que dizia: Este é o meu filho amado, em quem me comprazo”, e o Espírito Santo descendo sobre Ele.

Atos 1: 5 Jesus afirma: "Porque na verdade João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias". O batismo com o Espírito Santo é um revestimento de poder que está disponível para todos aqueles que crêem em Jesus; “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirei demônios, falarão novas línguas, pegarão em serpentes, e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal, se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados" Marcos 16: 17-18, essa é uma promessa dada por Jesus para todos aqueles que crêem Nele. 

É necessário pregar a Palavra com unção, com poder e para isso é preciso de consagração, amor pelos perdidos, ter compaixão por aqueles que precisam de salvação, o Senhor nos ungiu para anunciar a Sua Palavra, ir em seu nome a todos os lugares, a todas as vilas, a todos os bairros, a todas as cidades. 

As pessoas clamam por conhecer a verdade; Jesus disse que era preciso ser cheio do Espírito Santo antes de ministrar ou iniciar qualquer tipo de trabalho. Uma Igreja sem unção do Espírito Santo não cresce, não experimenta o mover de Deus, não se move nos dons, não opera milagres, não vê os sinais, as maravilhas de Deus, mas uma Igreja com a unção do Espírito Santo é transformada, tem muitas experiências com salvação, cura, sinais e milagres.


Pr. Aristides Alves dos Reis

Ágape Sede

Facebook